Quais os benefícios de usar tornozeleira ortopédica?

postado em: Fisioterapia | 0

Seja na prática de esportes e exercícios físicos, no trabalho ou nas atividades rotineiras, as pessoas podem sentir dores e incômodos nos tornozelos. Mas esses desconfortos são minimizados ou prevenidos com o uso de uma tornozeleira ortopédica.

Ela é um equipamento interessante para evitar que as sensações dolorosas se manifestem ou aconteçam lesões nessa articulação. Por isso, existem diferentes tipos no mercado que atendem a necessidades distintas.

Para que você entenda melhor sobre o uso de tornozeleiras e os seus benefícios, fomos conversar com o Dr. Tiago Doyle, médico ortopedista especialista em cirurgia do pé e tornozelo e cirurgia do trauma. Continue lendo este artigo e saiba mais sobre o assunto.

O que é uma tornozeleira ortopédica?

A tornozeleira ortopédica é um equipamento usado com o intuito de proteger a articulação do tornozelo. Suas funções variam entre manter uma compressão, evitar deslocamentos e lesões, melhorar a coordenação muscular e, em alguns casos, imobilizar o tornozelo.

Também possibilita manter essa articulação aquecida, minimizando dores provocadas por temperaturas baixas. Essa é uma característica interessante para quem tem problemas que se agravam nessas situações, como a artrose.

Quando ela deve ser usada?

Uma tornozeleira ortopédica não precisa de receita médica para ser adquirida, pois sua venda é livre. No entanto, para que seja utilizada da forma correta, é interessante contar com o suporte de um especialista.

Isso porque, para cada situação, é recomendado um tipo de tornozeleira a fim de alcançar o reultado esperado. Afinal, esse equipamento age tanto prevenindo lesões como de forma terapêutica, favorecendo a recuperação.

Sendo assim, ela deve ser utilizada se há necessidade de dar estabilidade para os tornozelos quando estão fracos ou machucados. Também por pessoas que têm algum tipo de problema que cause o comprometimento dessa articulação.

Além disso, como dito, a tornozeleira é indicada para a recuperação de lesões como contusões e entorses. Alguns modelos são fundamentais para imobilizar o tornozelo após uma cirurgia, evitando complicações no pós-operatório e acelerando o processo de recomposição dos tecidos.

E não é somente essa articulação que se beneficia com esse equipamento, porque a tornozeleira também previne torções no pé. Ou seja, ela oferece uma ampla proteção para toda essa região.

Quais são os principais benefícios que oferece?

Como dito, uma tornozeleira ortopédica tem função preventiva e terapêutica, por isso, seus benefícios se estendem dessas duas formas. Elas trazem vantagens tanto para quem não sofre com dores como para as pessoas que têm problemas ou estão lesionadas ao:

Promover estabilidade

Esse equipamento ajuda a manter a articulação do tornozelo estável, oferecendo segurança nas passadas. Isso porque, o material “abraça” o tornozelo e impede que ocorram desvios que forcem as estruturas ou promovam desequilíbrio.

Evitar lesões

Por garantir a estabilidade da articulação, a tornozeleira ortopédica ajuda a evitar lesões, tanto para as pessoas que já estão com o tornozelo enfraquecido como aquelas que não apresentam nenhum problema. Afinal, ela mantém a regularidade e coordenação dos movimentos, evitando também a sobrecarga.

Favorecer a recuperação

Tanto para as lesões mais leves como nos casos graves e complexos, as tornozeleiras são um excelente recurso para a recuperação. Os diferentes modelos atuam de formas distintas, mas todos permitem que as estruturas não sejam sobrecarregadas para que o tecido consiga se recompor e cicatrizar adequadamente.

Os atletas praticantes de atividades de impacto, como os corredores, maratonistas, jogadores de basquete, vôlei, handebol e praticantes de CrossFit ou caminhadas, são muito beneficiados pelo uso da tornozeleira ortopédica.

Afinal, o risco de lesões nesses casos é muito maior, mas, mesmo assim, é necessário o acompanhamento de um especialista. Esse profissional ajudará a identificar a necessidade de cada pessoa para que seja utilizada a tornozeleira adequada e do jeito certo.

Quais são os tipos de tornozeleira ortopédica?

Como para cada situação existe uma necessidade diferente, os modelos de tornozeleira ortopédica são desenvolvidos com o intuito de atender a cada uma delas. Por isso, eles variam em formato, tecnologia e resultados. Conheça a seguir algumas opções disponibilizadas pela SalvaPé.

Tornozeleira elástica

A tornozeleira elástica é calçada como se fosse uma meia, mas possui abertura na ponta dos pés e no calcanhar. É muito utilizada para a prática esportiva e auxilia na prevenção de lesões, seu formato é anatômico e o material exerce compressão na articulação.

Tornozeleira elástica em oito

A tornozeleira elástica em oito é um modelo mais simples do que o anterior, pois trata-se apenas de uma faixa que envolve o peito do pé e o tornozelo. Embora simples, sua tecnologia ajuda na estabilização da articulação, por isso, é indicada para tratar e prevenir pequenas entorses, bursite e tendinite. Esse é um modelo também bastante utilizado em atividades esportivas, seu elástico é muito resistente e o fecho do tipo aderente facilita o uso.

Tornozeleira Newprene

Em seu formato, a tornozeleira Newprene é muito parecida com a elástica. Porém, a diferença é que além de exercer compressão ela também é térmica. Por isso, sua indicação se estende para o tratamento e prevenção de edemas provocados por entorses, artrite reumatoide, tendinite e bursite.

É um modelo utilizado para prática de atividades esportivas e ajuda a prevenir recidivas de problemas. Uma variação desse tipo é a tornozeleira Newprene Semi-ajustável, que permite reduzir ou aumentar a circunferência na panturrilha por meio de um fecho aderente.

Tornozeleira Aircast

É encontrada em duas versões diferentes, sendo:

Esporte

A tornozeleira Aircast Esporte ajuda a prevenir traumas nos tornozelos em função da prática de esportes e também ajuda no tratamento de lesões ligamentares e entorses. Isso porque, possui um sistema de imobilização equipado com almofadas de ar e um suporte plástico que oferece conforto e resistência, mas, ao mesmo tempo, permite leveza.

Terapêutica

Assim como no modelo Esporte a tornozeleira Aircast Terapêutica possui um suporte plástico e almofadas de ar para manter a estabilidade do tornozelo de uma forma confortável e leve. Ela é indicada para tratar lesões ligamentares dessa articulação e entorses.

Tornozeleira Softcast

A tornozeleira Softcast tem uma tecnologia parecida com a Aircast. Ela conta com um sistema de estabilização do tornozelo, composto por duas talas anatômicas posicionadas nas laterais interna e externa do tornozelo.

Além disso, cintas são fixadas com fechos aderentes para ajustar o seu tamanho e manter o equipamento devidamente posicionado. Sua indicação é para o tratamento de entorses nas regiões ligamentares, por oferecer uma imobilização muito segura e confortável, ao mesmo tempo em que é leve.

Tornozeleira ajustável

A tornozeleira ajustável pode ser regulada para se adaptar melhor às dimensões do pé de cada pessoa. Ela possui duas tiras com fechos aderentes que possibilitam aumentar ou reduzir o seu tamanho.

Com propriedades térmicas e compressivas, é ideal para proteção da articulação durante a prática de esporte e para prevenir recidivas. Também ajuda a evitar edemas provocados pela artrite reumatoide, entorses, bursite e tendinite.

Estabilizador de tornozelo

O estabilizador de tornozelo é indicado para a prevenção precoce de deformidades causadas pela artrite reumatoide, além de evitar entorses leves. Ele também ajuda a dar maior estabilidade para os passos de pacientes com dorso flexores dos pés fracos e protege a articulação durante a prática de esportes.

É fabricado em tecido resistente, com o mesmo formato da tornozeleira elástica, porém, o estabilizador possui cintas elásticas cruzadas e barbatanas plásticas laterais para promover maior estabilidade.

Sobre o preço da tornozeleira ortopédica, ele varia de acordo com o modelo escolhido. Os mais simples partem de uma média de R$ 30, enquanto aqueles com uma estrutura mais complexa ficam entre R$ 150 e R$ 200.

Qual é o modo correto de utilização?

Esse é um fator que também varia conforme o tipo de tornozeleira ortopédica que será usado. Mas, de um modo geral, é importante que o equipamento faça compressão sem exagero, para não causar inchaços nem interferir na circulação sanguínea.

O tempo de utilização também varia de acordo com a necessidade de cada pessoa. Por isso, é importante consultar um especialista para que ele possa indicar o modelo adequado, bem como a forma correta de uso.

A tornozeleira ortopédica é um excelente recurso para evitar que lesões se manifestem e recidivas aconteçam. Além disso, também ajuda a manter o conforto e proteção para quem tem algum problema e possibilita uma melhor recuperação de quem está lesionado. Por isso, é um equipamento muito completo, que somente traz benefícios quando bem escolhido e usado.

Saiba mais sobre tornozeleiras e outros equipamentos oferecidos pela SalvaPé. Entre em contato conosco e converse com um dos nossos especialistas.

Seguir Equipe Salvapé:

Fundada em 1938, a SalvaPé foi pioneira no mercado de produtos ortopédicos no Brasil. São mais de 80 anos trabalhando em parceria com os melhores profissionais da saúde do país para oferecer produtos com foco em inovação e qualidade. SalvaPé, desde 1938, Produtos Ortopédicos da Cabeça aos Pés.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *