Entenda como a má alimentação pode causar cansaço excessivo

postado em: Estilo de Vida | 0

O intuito de nos alimentarmos é ter mais energia e disposição ao longo do dia, certo? Na verdade, nem sempre isso acontece, pois há quem sinta cansaço excessivo após as refeições e, nesse caso, o erro está no tipo de alimento ingerido.

Alguns grupos alimentares em vez de nos deixarem bem-dispostos causam o efeito contrário, e neste post nós vamos explicar por que isso acontece. Continue a leitura e entenda como a alimentação pode nos deixar cansados, além de conferir algumas dicas para evitar que isso aconteça.

O cansaço excessivo e a alimentação

Para fazer a digestão dos alimentos nosso organismo precisa de energia. Quando as substâncias ingeridas são mais leves, o gasto energético é menor. Porém, quando é preciso metabolizar gorduras e açúcares, por exemplo, o corpo tem maior dificuldade, então, gasta mais energia.

É por isso que após algumas refeições podemos sentir cansaço excessivo. Depois daquela macarronada de final de semana com churrasco e tudo que se tem direito, é comum nos sentirmos sonolentos e cansados, justamente porque o corpo gasta energia para metabolizar essas moléculas.

Além disso, alimentos refinados também podem provocar a sensação de cansaço excessivo. A farinha de trigo branca e o açúcar comum, por exemplo, são rapidamente absorvidos pelo organismo e dão energia, mas seu efeito passa rápido e logo vem a indisposição.

Alimentos que ajudam a combater o cansaço

Assim como há alimentos que causam cansaço excessivo, existem aqueles que nos ajudam a combater essa condição. Para quem precisa de muita energia ao longo do dia é importante acrescentá-los ao cardápio, garantido disposição e mais concentração. Confira os principais deles!

Feijão

Contém diversos nutrientes, como ferro, zinco e potássio, além de aminoácidos que são essenciais para o nosso organismo, por isso, fornece muita energia.

Banana

Além de conter açúcar, a banana é fonte de vitamina B6, que também ajuda na produção de energia, proporcionando mais disposição.

Aveia

Rica em vitaminas do complexo B, estimula a produção de energia ao longo do dia, melhora as funções cerebrais o humor, ajuda a reduzir o colesterol e equilibra a absorção dos açúcares.

Couve

É rica em vitamina B9, ou seja, ácido fólico. Ela ajuda na formação de neurotransmissores e também nas funções cerebrais, melhorando disposição mental.

Outros alimentos que também combatem o cansaço excessivo são:

  • escarola;
  • brócolis;
  • ovos;
  • peixes;
  • amendoim;
  • tomate;
  • cenoura;
  • sementes;
  • lentilha;
  • laranja.

Todos eles alimentos são fontes de vitaminas do complexo B. Além de trazerem diversos benefícios para a saúde, ajudam na metabolização de macronutrientes, isto é, aquelas moléculas mais difíceis de serem digeridas. Elas também ajudam a produzir energia a partir dos carboidratos ingeridos, então, você sentirá mais disposição mental e física.

É interessante acrescentar ao seu cardápio alimentos integrais, que mantêm a energia do corpo porque seus nutrientes são absorvidos lentamente. As frutas também são energéticas, pois contêm frutose, um tipo mais saudável de açúcar, além das fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e favorecem a absorção de nutrientes.

Dicas alimentares para eliminar o cansaço excessivo

Além de colocar esses alimentos especiais em seu cardápio, você também pode adotar hábitos alimentares para combater o cansaço excessivo. Veja algumas dicas do que fazer para ter mais disposição!

Faça um café da manhã balanceado

Evite gorduras e açúcar em excesso para facilitar a digestão e invista em alimentos nutritivos.

Evite alimentos industrializados

Prefira frutas, queijos frescos, iogurte, sucos naturais, entre outras opções com poucas substâncias químicas e menos processados.

Prefira produtos integrais

Evite a farinha de trigo branca para facilitar a digestão e ter energia ao longo do dia.

Alimente-se no mesmo horário

Procure fazer suas refeições nos mesmos horários para regular o relógio biológico e garantir ao corpo os nutrientes que ele precisa.

Beba água

Sucos e refrigerantes não substituem a água. Então, hidrate-se ao longo do dia para ficar bem-disposto e ativar o metabolismo.

Os alimentos são nosso combustível, por isso, se você tiver um cardápio de qualidade não sentirá cansaço excessivo ao longo do dia. Procure adaptar a sua dieta ao seu ritmo de vida para usufruir de todos os benefícios que os grupos alimentares podem oferecer.

Você tem alguma receita especial ou consome algum alimento para ter mais energia? Deixe seu comentário e divida com a gente!

3 ótimos exercícios para melhorar a dor nos ombros

postado em: Estilo de Vida | 0

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a dor nos ombros nem sempre é resultado de práticas esportivas na academia. Atividades rotineiras como pendurar cortinas, molhar as plantas e passar aspirador na casa podem resultar em desconfortos nessa região.

As lesões surgem, principalmente, pela realização de uma atividade física de maneira inadequada, como a má postura. Isso acontece porque o ombro é a articulação mais móvel do nosso organismo, composto por ossos, ligamentos, músculos e tendões.

A notícia boa é que a dor nos ombros pode ser reduzida e até mesmo evitada por meio de atividades físicas. Vamos aprender quais são os 3 principais exercícios para melhorar o desconforto nessa região? Confira!

Aprenda 3 exercícios para melhorar a dor nos ombros

1. Halos

Em pé e com os membros inferiores um pouco afastados, segure um kettle (ou haltere) no meio do peito. Aperte os glúteos, fortalecendo os abdominais para proteger as costas durante o exercício.

Encaixe o acessório atrás da cabeça e mova de um lado para o outro: primeiro no direito, centralizando o haltere atrás da nuca, e depois no esquerdo. Repita durante dois minutos.

2. Egípcios

Em pé, mantenha os pés afastados mais ou menos na largura dos quadris. Posicione os braços na altura dos ombros, mantendo as palmas viradas para baixo.

Incline o dorso para um lado movendo a palma para cima e girando o ombro externamente. Volte na posição inicial e troque o lado. Repita o exercício durante um minuto.

3. Resistência

Posicione os pés separadamente na largura dos ombros. Depois, aperte as suas mãos em uma banda de resistência e a segure na frente do corpo, como em uma linha reta entre os seus ombros.

Abra os braços para os lados com o objetivo de esticar a banda com os cotovelos flexionados. Mantenha essa posição momentaneamente e depois segure firme. Respire por três vezes profundamente e depois volte lentamente à posição inicial. Repita o exercício por 15 vezes.

Veja como se prevenir das dores nos ombros

Para se prevenir de dores no corpo, é fundamental ter uma rotina saudável, composta por dieta balanceada, bons hábitos de vida (não fumar, beber ou consumir drogas) e prática regular de exercícios (caminhadas, trilhas, artes marciais, spinning).

Confira algumas dicas para se prevenir das dores nos ombros:

  • faça alongamentos de relaxamento ao se levantar da cama pela manhã e antes de dormir;
  • tenha uma boa postura durante todos os períodos do dia (inclusive no seu trabalho);
  • sempre que for carregar coisas pesadas, distribua o peso entre os dois braços;
  • durma de lado e com um travesseiro entre as pernas;
  • beba muita água para manter todas as partes do seu corpo hidratadas;
  • utilize compressas com água morna quando tiver um dia muito estressante e tenso;
  • faça uma massagem com pomadas analgésicas e antitérmicas para aliviar as dores;
  • consulte um médico especialista se as dores persistirem.

A dor nos ombros costuma aparecer devido à má postura, práticas de exercícios inadequadas e até mesmo pela falta de atividade física. Por isso, conhecer alguns exercícios para prevenir as lesões é fundamental para ter uma boa qualidade de vida e evitar desconfortos nessa região.

Neste post, você conferiu 3 exercícios para melhorar a dor nos ombros e verificou algumas dicas de prevenção. Que tal ajudar os seus amigos a também melhorarem as dores nessa região? Compartilhe agora o nosso post nas suas redes sociais para que eles também possam ler este conteúdo!

Aprenda como fazer uma dieta saudável agora mesmo!

Aprenda como fazer uma dieta saudável agora mesmo!

postado em: Estilo de Vida, Saúde | 0

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, passar fome, definitivamente, não é sinônimo de emagrecimento. Se esse é o seu objetivo, você vai precisar mudar seus hábitos e aprender como fazer uma dieta saudável.

Uma alimentação equilibrada, alinhada com a prática de exercícios físicos, contribui não somente para a perda de peso, mas também para prevenir doenças, aumentar a imunidade e, é claro, proporcionar melhoria da qualidade de vida e bem-estar.

Se você quer aprender a fazer uma dieta saudável, continue a leitura e veja as nossas dicas agora mesmo!

Inclua alimentos com carboidratos

Você já deve ter ouvido falar que, para emagrecer, é necessário riscar os carboidratos da sua vida. Porém, eles são fontes de energia e funcionam como uma espécie de combustível, que mantém o seu corpo funcionando automaticamente.

Quando você exclui esse alimento da dieta, contribui para que o cérebro e as células vermelhas do sangue não funcionem adequadamente, trazendo riscos para o sistema nervoso central.

O ideal é consumi-lo principalmente na parte da manhã, porque o corpo precisa de mais energia para realizar as tarefas diárias. Você encontra os carboidratos em:

  • cereais;
  • pães;
  • massas;
  • arroz;
  • tapioca;
  • batata-doce;
  • milho.

Invista nas proteínas

As proteínas deveriam estar em primeiro lugar na nossa dieta, porque ajudam nas funções celulares — sendo fundamentais para melhorar as defesas do organismo e para fortalecer a musculatura.

Elas também são responsáveis pelo crescimento e reparação dos tecidos, ajudando a aumentar a massa magra. Além disso, elas ajudam a ter mais energia (evitando o sono e cansaço).

Você encontra proteínas em:

  • carnes;
  • ovos;
  • cogumelos;
  • arroz;
  • feijão;
  • quinoa;
  • sementes;
  • peixes.

Dê preferência para alimentos integrais

Os produtos integrais são ricos em vitaminas, minerais e fibras. Você pode, por exemplo, substituir os alimentos normais pelos integrais, como o pão e o arroz.

A grande vantagem é que o alimento integral não é refinado no seu processo de fabricação, ou seja, mantém intacta a integridade dos seus nutrientes. Confira os benefícios:

  • melhora o funcionamento do intestino;
  • proporciona saciedade;
  • favorece a absorção da glicose e gordura;
  • aumenta a quantidade de lactobacilos;
  • reduz o risco de diabetes.

Não consuma refrigerantes

Os refrigerantes são os vilões de qualquer dieta porque eles têm muito açúcar e são extremamente calóricos. As bebidas industrializadas são ricas em fosfato, que elimina o cálcio e resulta no enfraquecimento dos ossos e osteoporose.

Por isso, em vez de beber refrigerante, aposte na água, que tem 0 caloria e ainda proporciona o bom funcionamento do seu organismo.

Siga a orientação de um nutricionista

Sabemos que muitas pessoas que desejam ter uma alimentação saudável procuram por dietas na internet ou seguem as orientações de alguém que teve sucesso no emagrecimento.

Porém, se você deseja se alimentar corretamente e evitar frustrações por não atingir os seus objetivos, é fundamental investir em um profissional qualificado para ajudar nesse processo.

O nutricionista conhece os seus hábitos, o seu biotipo, os seus costumes e elabora uma dieta nutritiva e personalizada para o seu dia a dia, substituindo alimentos que você não gosta e ajudando a alcançar resultados satisfatórios em menos tempo.

Saber como fazer uma dieta saudável é essencial para ter a certeza de que o organismo está trabalhando da maneira adequada, contribuindo para a melhoria na sua qualidade de vida e bem-estar.

Neste post, ensinamos como fazer uma dieta saudável. Você gostou do nosso conteúdo? Então nos siga no Facebook e Instagram e acompanhe as nossas publicações!

Entenda porque e como dormir bem em 5 essenciais dicas!

Entenda porque e como dormir bem em 5 essenciais dicas!

postado em: Estilo de Vida | 0

Família, trabalho, amigos e lazer: ter tempo para conciliar esses universos na correria dos dias atuais é uma missão que precisa de muita disposição. Para isso, ter uma boa noite de sono é um dos principais fatores que auxiliam na qualidade de vida. Contudo, saber como dormir bem é fundamental.

São muitos os efeitos proporcionados no organismo de uma pessoa que dorme bem: melhora o metabolismo, previne doenças crônicas e renova as energias. Do contrário, é possível apresentar crises de irritabilidade, sonolência e cansaço.

Você tem problemas para dormir? Veja como ter uma noite tranquila e agradável lendo as nossas 5 dicas!

1. Tenha uma alimentação saudável

Você já sabe que ter uma alimentação saudável contribui (e muito) para a melhora da saúde e qualidade de vida, certo?

O que, talvez, você não saiba é que quando você ingere carboidratos e gorduras no período noturno, eles interferem na qualidade do seu sono.

Por isso, invista em uma alimentação leve e saudável, principalmente à noite. As refeições pesadas não são facilmente digeridas e você sentirá seu estômago pesado e isso atrasa o seu sono.

2. Pratique exercícios físicos

Praticar exercícios físicos faz com que o corpo funcione melhor, pois:

  • alivia a tensão muscular;

  • reduz dores;

  • melhora o bem-estar;

  • dá manutenção para a estrutura óssea e os músculos;

  • melhora a autoestima;

  • diminui a depressão;

  • diminui o cansaço e estresse;

  • combate ao excesso de peso.

Para ter uma noite de sono tranquila, evite praticar exercícios antes de dormir. O recomendado é praticá-los com, no mínimo, 3 horas de antecedência. Assim, a adrenalina não atrapalha o seu sono.

3. Leia um livro antes de dormir

Acostume-se a ler um livro antes de dormir. Quando você interrompe todas as suas atividades para ler, a mente se acalma e você consegue relaxar e respirar com tranquilidade.

Dê preferência para a leitura em um ambiente com a luz mais fraca e escolha livros calmos (não leia noticiários e histórias que podem promover a tensão).

Mas atenção! Antes de dormir, invista em livros físicos: a leitura em aparelhos eletrônicos confundem o relógio interno e fazem com que o corpo pense que ainda não é o horário de dormir.

4. Mantenha um cronograma de sono

Se você for dormir um dia às 21 hrs, no dia seguinte às 23 hrs e no próximo às 2 hrs da madrugada, certamente o seu corpo terá dificuldades de criar um cronograma de sono.

Estabeleça um horário fixo para o seu sono: acostume-se a dormir e levantar todos os dias no mesmo horário (inclusive, nos finais de semana). Esse tipo de hábito facilita que o corpo trabalhe automaticamente.

5. Crie um ambiente confortável para dormir

O conforto é fundamental para dormir bem. Por isso, tenha um quarto acolhedor e aconchegante, investindo em algumas estratégias que facilitem a qualidade do ambiente, tais como:

  • compre cortinas que deixam o quarto escuro;

  • invista em luzes mais escuras;

  • tenha uma cama, travesseiro e roupas de cama confortáveis;

  • deixe o ambiente com a temperatura ideal;

  • use um pijama confortável.

Dormir bem é fundamental para ter uma melhora na qualidade de vida. Quando estamos descansados, devido a uma boa noite de sono, o nosso dia rende muito mais. Saber como dormir bem faz com que o descanso seja pleno, assim, você fica mais alegre, motivado, descansado e até mesmo mais inteligente.

Com este post você conferiu 5 dicas sobre como dormir bem. Você consegue fazer isso diariamente? Conte-nos deixando um comentário aqui embaixo.