Imobilizador de joelho: como escolher o melhor para você?

postado em: Saúde | 0

De acordo com a Escola Médica de Harvard (Estados Unidos), cerca de 50% das pessoas entre 25 e 75 anos desenvolvem algum tipo de problema no joelho. O agravo pode ser ocasionado por diversos motivos, como excesso ou falta de exercícios físicos e doenças. Nesse cenário, muitas pessoas procuram por imobilizador de joelho com o objetivo de tratar suas dores.

Para aprofundar mais sobre o assunto, entrevistamos o Doutor Marcos Cardoso (Ortopedista do HCor de São Paulo) que vai ajudar a esclarecer melhor esse assunto. Continue a leitura e aprenda mais sobre o assunto!

Saiba para que serve e quem deve usar os imobilizadores de joelhos

Antes de tudo, é preciso ressaltar que existem diversas origens, tanto para as dores nos joelhos quanto nas pernas. Podem ser:

  • artrose (ortopedia), tipo de desgaste mais comum em pessoas de idade;
  • problema vascular (circulação);
  • ciática (nervos), que irradia para a parte posterior da coluna.

Sendo assim, o imobilizador de joelho é um tipo de tratamento que serve para dar firmeza à musculatura. Por exemplo, ele pode auxiliar na recuperação de pessoas com ruptura de ligamento cruzado. No entanto, para outros casos, o imobilizador pode piorar a recuperação — uma vez que dificulta o retorno sanguíneo.

Por isso, é fundamental conversar com o seu médico, que conhece a sua rotina e pode indicar o melhor tratamento para cada dor ou desconforto.

Conheça os principais tipos de imobilizadores de joelhos

Imobilizador de joelho Salvapé Lite Support

Ele é indicado para a instabilidade das artroses, artrite reumatoide e para afecções traumáticas do joelho. Mediante a prescrição médica, ele substitui o aparelho gessado. Ele é feito com espuma com pluma especial, com fechos aderentes e que possibilitam diversos ajustes para o conforto do paciente.

As laterais (tanto interna quanto externa) têm um jogo com quatro bainhas, que possibilitam que as barbatanas de duralumínio se posicionem lateralmente ao joelho e reduzam a mobilidade.

Imobilizador de joelho fixo

Ele é indicado quando há afecções traumáticas do joelho (substitui o aparelho gessado). Ideal para quem tem instabilidade da artrose e artrite reumatoide e para treinos de ortostatismo em lesões paralíticas de membros inferiores.

O tecido é feito com espuma, tem fechos aderentes e elástico resistente. Também tem barbatanas de duralumínio e laterais de polietileno.

Imobilizador de joelho com trava

Ele é indicado no pós-operatório de ligamentoplastia (tratamento de lesões do ligamento). O imobilizador de joelho com trava é feito de plástico semi-rígido e tem fechos aderentes, além de barbatanas de duralumínio. Ele proporciona uma articulação livre, mas com bloqueio em extensão.

Imobilizador de joelho articulado

O imobilizador de joelho articulado é indicado para substituição do aparelho gessado, em casos de afecções traumáticas do joelho. Ele proporciona o tratamento auxiliar das artropatias dos hemofílicos e é utilizado em casos de pós-operatório (quando há a necessidade de imobilização em flexão).

Ele é feito com espuma e tecido e as suas barbatanas são de duralumínio. Também tem fechos aderentes e uma cinta para compressão do joelho — o ângulo de flexão é graduável de 0° a 90°.

Imobilizador parcial de joelho

O imobilizador parcial de joelho é indicado para afecções traumáticas. Também é indicado na prevenção do reaparecimento dos sintomas anteriores e reeducação nos casos de sequelas dos acidentes vasculares cerebrais (AVC), artrite reumatoide, artrose e pós-operatório de paralisia cerebral.

Ele é feito com tecido com espuma e elástico resistentes e tem barbatanas de duralumínio. Também tem uma cinta elástica e fecho aderente.

Imobilizador de joelho com suporte hiperextensão

Ele é indicado para a instabilidade crônica ou para o tratamento conservador de ruptura do ligamento cruzado. Ele tem ação de imobilização no pós-operatório do ligamento cruzado posterior.

O imobilizador de joelho com suporte hiperextensão tem almofada ajustável de anteriorização da tíbia. Assim, ele proporciona o alívio de pressão no ligamento e na articulação patelo-femural. Dessa maneira, promove um menor tempo de recuperação.

Imobilizador de joelho fixo brig Salvapé

Ele é indicado para afecções traumáticas do joelho e substitui o aparelho gessado. Também é indicado para a instabilidade da artrite reumatoide, artrose e em treinos de ortostatismo em lesões paralíticas de membros inferiores.

Ele tem tecido com espuma, fechos aderentes e elástico resistente. Além disso, tem barbatanas de duralumínio e laterais de polietileno. 

Veja como escolher o imobilizador ideal para o seu caso

Os imobilizadores de joelho são ótimos aliados no tratamento de diversos problemas. Eles auxiliam nas recuperações das lesões por meio do calor corporal e da compressão. No entanto, é fundamental o acompanhamento de um médico nessa escolha para ter a certeza de encontrar o produto ideal.

Assim, se você passou por uma cirurgia, muito provavelmente, o seu médico já vai indicar o melhor tipo de imobilizador para você. Se esse não for o seu caso, é fundamental marcar uma consulta médica para explicar o seu problema, as suas dores e queixas para que o profissional solicite os exames adequados (se necessário) e possa indicar o melhor produto para o seu caso.

Isso porque, se você escolher o acessório errado para o tratamento de lesões e outros problemas, podem acontecer dois casos principais:

  • a sua dor persistir porque o produto é inadequado;
  • o problema se agravar devido ao uso incorreto de um determinado produto e virar um caso cirúrgico (quando não deveria ser).

Considerando que muitas pessoas sofrem com dores nos joelhos e nas pernas, uma excelente alternativa é investir no imobilizador de joelho. Eles ajudam na recuperação das lesões, proporcionando bem-estar ao paciente e fazendo com que ele possa retomar as suas atividades rotineiras com mais rapidez. Para isso, é fundamental ter o acompanhamento de um médico para indicar o melhor tratamento e ajudar a escolher o melhor produto para o seu caso.

Neste post, você conferiu informações importantes para conhecer melhor o imobilizador de joelho. O que você achou dos modelos descritos no post? Ficou interessado? Então, aproveite para entrar em contato conosco e saber mais sobre as nossas soluções!

Este conteúdo foi desenvolvido em parceria com o Doutor Marcos Cardoso (Ortopedista do HCor de São Paulo). Telefone: (11) 98295.9241.

Seguir Equipe Salvapé:

Fundada em 1938, a SalvaPé foi pioneira no mercado de produtos ortopédicos no Brasil. São mais de 80 anos trabalhando em parceria com os melhores profissionais da saúde do país para oferecer produtos com foco em inovação e qualidade. SalvaPé, desde 1938, Produtos Ortopédicos da Cabeça aos Pés.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *