Veja como os Tipos de Pisada podem Influenciar no seu Treino

postado em: Esporte | 0

A forma com que os pés encostam no chão influencia a prática de exercícios físicos. Afinal, na maioria das atividades, você anda, corre ou pula enquanto executa os movimentos. Nesse contexto, alguns tipos de pisada podem ser prejudiciais e resultar em lesões. Você sabe quais são eles? 

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o assunto. Continue a leitura e descubra o que fazer caso sua pisada esteja prejudicando o seu desempenho nos treinos e no seu dia a dia. Boa leitura!

O que influencia a pisada?

O jeito com que cada pessoa pisa é determinado por características anatômicas individuais. Entre elas, as mais influentes são o tipo de pé, que pode ser normal, chato ou cavo, e a disposição dos joelhos (valgo, quando são próximos um do outro, ou varo, em que ocorre a projeção das articulações para fora, com arqueamento das pernas). 

Além do tipo de pé e característica dos joelhos, outros fatores também podem alterar a pisada, como a angulação do quadril e a flexibilidade das articulações do tornozelo. Somados ao equilíbrio dos músculos de cada pessoa, isso faz com que ela desenvolva sua pisada. 

Quais são os principais tipos de pisada?

As pessoas podem pisar de 3 formas diferentes. Veja quais são elas a seguir.

Pisada neutra

Conhecida também como pisada normal, a pisada neutra acontece quando o pé toca o solo de modo uniforme, ou seja, o peso do corpo é distribuído de forma equilibrada por toda a planta do pé. Assim, o impacto sobre as articulações é absorvido e, justamente por isso, para muitos ortopedistas, este é o tipo de pisada ideal.

Pisada pronada

Muito comum entre os atletas, a pisada pronada acontece quando a parte interna do pé é a primeira a ser apoiada no chão. Geralmente, isso ocorre devido à rotação interna excessiva do tornozelo e do pé. Pessoas que apresentam a pisada pronada costumam ter calçados mais desgastados na parte lateral interna. Em casos extremos, o problema pode resultar em desalinhamento dos joelhos, tornozelos e quadris. 

Pisada supinada

Exatamente o oposto da pisada pronada, a pisada supinada ocorre quando a primeira parte do pé a ser encostada no chão ao caminhar ou correr é a lateral externa. Pessoas que têm esse tipo de pisada apresentam um desgaste maior no lado de fora da sola do calçado. 

Nesse caso, o peso corporal sobrecarrega os dedos menores, localizadas na lateral do pé, o que, a longo prazo, pode resultar em lesões nessas estruturas, nos joelhos e até nas costas. O problema evolui lentamente, com bolhas e rachaduras no início e, posteriormente, tendinites e problemas mais graves, como joanetes e até artrose. 

Como o problema pode ser corrigido?

Para evitar todos os problemas que pisadas incorretas podem causar é preciso ter um diagnóstico. Para isso, procure um ortopedista, preferencialmente especializado em tornozelo e pé. 

Esse profissional vai fazer uma avaliação física por meio de uma esteira com sensor, chamada baropodômetro, que identifica em qual tipo de pisada você se encaixa a partir do impacto gerado no equipamento. 

Assim, o médico pode recomendar o tratamento mais adequado para você, a exemplo do uso de produtos ortopédicos, como as palmilhas, que são indispensáveis para corrigir o problema.

Esse tipo de órtese ajusta a distribuição do peso corporal sobre o pé durante a pisada, de forma que a alteração ortopédica deixa de provocar dores e lesões.

Por isso, se você apresenta um dos tipos de pisada incorreta, não deixe de procurar um médico para receber o diagnóstico e tratamento certo. Assim, você estará protegendo seus pés e o restante do corpo de complicações e pode voltar a praticar exercícios físicos normalmente. 

E aí, gostou deste post? Siga nossas páginas nas redes sociais — estamos no Facebook no Instagram — e fique sempre por dentro dos nossos conteúdos! Até mais!

Seguir Equipe Salvapé:

Fundada em 1938, a SalvaPé foi pioneira no mercado de produtos ortopédicos no Brasil. São mais de 80 anos trabalhando em parceria com os melhores profissionais da saúde do país para oferecer produtos com foco em inovação e qualidade. SalvaPé, desde 1938, Produtos Ortopédicos da Cabeça aos Pés.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *