Você sabe os 7 tipos de coletes ortopédicos para coluna?

postado em: Saúde | 0

Muitas pessoas pensam que os coletes ortopédicos para coluna servem apenas para corrigir a postura. No entanto, eles são indicados para vários tipos de situação, inclusive fraturas vertebrais, proteção, cicatrização de lesões (como pós-operatório), correção dos ombros, tirar a lordose de pessoas com espinhela (costela caída) ou ainda para quem tem dor e precisa carregar peso.

Você está precisando de coletes ortopédicos para coluna? Então, continue a leitura e aprenda quais sãos os 7 tipos principais e as suas funcionalidades. Boa leitura!

Conheça os tipos de coletes ortopédicos para coluna

1. Cinta colete elástico com barbatanas de duralumínio

O seu principal objetivo é a estabilização do tronco no lesado medular. A cinta colete elástico com barbatanas de duralumínio é indicada para a estabilização da coluna dorso-lombar em:

  • artroses (artrite provocada quando o tecido flexível nas extremidades dos ossos se desgasta);
  • traumatismos (fraturas e lesões na medula espinhal);
  • escolioses (curvatura lateral da coluna vertebral);
  • fraturas osteoporóticas;
  • outras afecções da região.

O colete tem um elástico resistente que proporciona melhor conforto e apoio para o paciente. Além disso, ele tem um bom reforço na lateral, fechos aderentes e 4 barbatanas de duralumínio.

2. Cinta colete elástico com barbatanas flexíveis

A cinta proporciona estabilização da coluna dorso-lombar em casos de:

  • contratura paravertebral (contração dos músculos de forma incorreta);
  • lombalgias (condição bem dolorosa que afeta a parte inferior da coluna);
  • artroses;
  • outras afecções na região.

Além disso, ela é muito utilizada na prevenção da recidiva na prática esportiva. Ela também tem elásticos resistentes e reforço na lateral. As suas barbatanas são de aço autoajustáveis e com fechos aderentes.

3. Colete Putti Baixo

Ele é indicado para estabilização da coluna lombo sacra em casos de:

  • artroses;
  • contratura paravertebral;
  • lordoses (quando a lombar é curvada para dentro);
  • pós-traumática;
  • espondilolisteses (distúrbio da coluna em que uma vértebra desliza para frente sobre o osso abaixo dele);
  • pós-operatórios;
  • outras afecções da região.

Com seu elástico resistente e reforço na lateral, tem fechos aderentes e 4 barbatanas de alumínio.

4. Colete Putti Elástico

Ele é indicado para a estabilização do tronco no lesado medular em casos de:

  • artroses;
  • hérnias discais operáveis ou não;
  • fraturas osteoporóticas;
  • traumatismos;
  • pós-operatórios;
  • espondilolisteses e outros.

Ele possui elástico resistente com reforço na lateral e também tem 4 barbatanas de duralumínio.

5. Colete ortopédico tipo Putti algodão

Ele é indicado em casos de hérnias discais operáveis ou não; artroses; traumatismos; fraturas osteoporóticas; espondilolisteses; pós-operatórios e outros.

O colete é indicado para a estabilização da região dorso-lombo-sacra. Por ter um tecido de algodão, proporciona mais conforto ao paciente junto com os seus ajustes laterais. O fecho é aderente frontal e as suas barbatanas são de duralumínio.

6. Colete elástico abdominal

É indicado, principalmente, em casos de contusões, fraturas de costela e de vértebras torácicas osteoporóticas. O colete elástico abdominal proporciona o enfaixamento compressivo, modelando a cintura.

7. Colete Comfort®

Para tratar a cifose causada pela osteoporose (e também outros fatores, como a má postura ou doença de scheuermann), a Salvapé desenvolveu um modelo de colete exclusivo, proporcionando mais liberdade, confiança e conforto.

O seu objetivo é que o paciente sinta a postura ereta e um bom equilíbrio durante a locomoção. Outra notícia boa é que ele não é um colete comum: o seu tratamento prolongado reeduca a postura do paciente e fortalece a musculatura dorsal.

Dessa maneira, sempre que o paciente assume uma postura incorreta, ele provoca um reflexo natural de contração na musculatura dorsal — isso acontece devido à sua tecnologia bioreflex®.

Assim, ele oferece alívio para as dores e ainda reduz o risco de fraturas vertebrais, permitindo uma respiração profunda com menos esforço (em virtude da descompressão da caixa torácica).

Consulte o seu médico para indicar os melhores coletes ortopédicos para coluna

Os problemas de coluna e as tradicionais dores nas costas estão cada vez mais comuns. Isso porque, em muitos casos, as pessoas passam muitas horas sentadas à frente de um computador ou fazendo muitos movimentos repetidos. Assim, é muito raro encontrarmos uma pessoa que nunca se queixou de dor ou desconforto na coluna.

Por isso, os coletes são ótimos aliados para manter uma postura correta e ainda proteger a coluna contra lesões leves e graves. Porém, o colete precisa ser confortável e proporcionar mais qualidade de vida para o paciente.

Até aqui, você conheceu os 7 tipos de coletes ortopédicos para coluna, por isso, deve estar se questionando: esses produtos precisam de prescrição médica? Posso chegar a uma loja especializada e apenas escolher o modelo ideal para o meu caso? O que devo considerar na hora de escolher o produto mais adequado para mim?

Para responder essas dúvidas, contamos com o apoio do Doutor Marcos Cardoso (Ortopedista do HCor de São Paulo). Segundo ele, é sempre importante buscar o diagnóstico com um profissional habilitado, tais como: fisioterapeuta, terapeuta ocupacional ou médico ortopedista.

O colete substitui a função de um músculo, contudo, se for utilizado de maneira incorreta, pode causar atrofia. É um item a ser usado temporariamente, como na adaptação de alguém que vai fazer RPG, pilates ou para um adolescente que precisa fazer correções posturais.

Além disso, é preciso ter muito cuidado na hora de escolher o colete ideal para o seu caso. Isso porque, se você escolher o material e o colete errados, pode agravar os problemas que você já enfrenta no dia a dia. Por isso, esteja sempre atento ao que o seu médico tem para indicar, certo?

Conhecer os principais tipos de coletes ortopédicos para coluna ajuda na hora de escolher a melhor opção para conversar com o seu médico a respeito. Vale ressaltar que é sempre importante optar por um modelo que proporcione bem-estar, conforto e também segurança. Assim, você consegue aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer sem dores e desconfortos.

Neste post, você conferiu os 7 tipos de coletes ortopédicos para coluna. Você se interessou por eles? Então, aproveite para conhecê-los melhor! Clique aqui e conheça melhor os modelos apresentados neste post!
 

Este conteúdo foi desenvolvido em parceria com o Doutor Marcos Cardoso (Ortopedista do HCor de São Paulo). Telefone: (11) 98295.9241.

Seguir Equipe Salvapé:

Fundada em 1938, a SalvaPé foi pioneira no mercado de produtos ortopédicos no Brasil. São mais de 80 anos trabalhando em parceria com os melhores profissionais da saúde do país para oferecer produtos com foco em inovação e qualidade. SalvaPé, desde 1938, Produtos Ortopédicos da Cabeça aos Pés.

Deixe uma resposta